Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Recomendações de Segurança da Equipe de TI do IFSP sobre a Black Friday

Publicado: Quinta, 23 de Novembro de 2017, 16h20 | Acessos: 425

A Black Friday no Brasil

A Black Friday surgiu em 2011 no Brasil e desde então tem se tornado uma das melhores datas de vendas para o comércio eletrônico brasileiro. Neste ano, a Black Friday no Brasil acontece dia 24 de Novembro de 2017. 

Infelizmente, a data também se tornou um momento oportuno para que pessoas mal intencionadas utilizem o atrativo das grandes ofertas e preços baixos para disseminar fraudes e softwares maliciosos.

 Relação Black Friday X IFSP

  • O acesso e cadastro em sites maliciosos utilizando a rede interna do IFSP pode causar a disseminação de softwares maliciosos por toda a rede institucional, afetando diretamente a integridade e disponibilidade das informações e serviços digitais do IFSP.
  • O cadastro em sites maliciosos utilizando senhas semelhantes às utilizadas em sistemas institucionais, provoca,  em caso de vazamento destas e através de um simples cruzamento de informações, a possibilidade de acesso a sistemas institucionais por parte de pessoas mal intencionadas, afetando diretamente a integridade e disponibilidade das informações e serviços digitais do IFSP. 

Recomendações da Equipe de TI do IFSP para a Black Friday

  • Não acesse sites que não estejam relacionados com as atividades-fim do IFSP.
  • Mantenha os dispositivos de segurança do computador sempre atualizados.
  • Mesmo que fora da rede institucional, se for acessar sites envolvidos na Black Friday, não faça cadastro em sites maliciosos e nunca utilize senhas e logins semelhantes aos utilizados em sistemas institucionais do IFSP.

Dicas da Equipe de TI do IFSP para aproveitar as ofertas da Black Friday com segurança 

  • Há competição na Black Friday, mas ofertas com preços muito diferentes da média são pouco confiáveis. Se o anúncio estiver associado a uma loja conhecida, deve-se verificar se o link ou o endereço realmente correspondem ao site.
  • Não é difícil reconhecer um site com níveis mínimos de segurança. Basta conferir se na barra do browser o endereço começa com “https”. Isso não significa que o site seja legítimo, pois o fraudador também pode adotar criptografia. A vantagem é que, no caso de interações legítimas, os dados não podem ser interceptados entre os pontos de origem e destino.
  • Antes de abrir um e-mail e clicar em algum link, verifique se o endereço do remetente, assim como a URL (o endereço do site) apontada pelo link, são verídicos. No caso do link, basta passar o mouse, sem clicar, que aparece a URL apontada no e-mail. Extensões de outros países (sem .br) e URLs encurtadas já são uma indicação óbvia de um provável golpe.

Para a realização de compras com maior segurança, consulte os sites de comércio eletrônico não recomendados pelo Procon-SP:

Sites não recomendados pelo Procon

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página